Site Meter visitas desde 12/2008
  visitante(s) lendo...

Techware Brasil
» Tecnologia da Informação - Consultoria - Dicas - Artigos - Tutoriais - Atualidades - Novidades - Últimas - Tecnologia - Política - Variedades - Poemas - Humor - Vídeos - Arte - Curiosidades - Computadores - Manutenção - Impressoras - Windows - Linux - Debian - Servidores - Roteadores - CFTV Digital - ADSL - Wireless - Provedores - Mikrotik «

Você está na http://www.techwarebrasil.com.br/

Importânte: Leia sobre as Políticas de Comentário, e sobre as Políticas de Privacidade e Cookie de Publicidade.
Sugira, questione, critique, opine, participe...

sexta-feira, 13 de fevereiro de 2009

Paraskavedekatriaphobia: Medo à sexta-feira 13

Segundo a wikipedia o medo específico da sexta-feira treze (fobia) é chamado de Paraskavedekatriaphobia ou parascavedecatriafobia, ou ainda frigatriscaidecafobia. Paraskavedekatriaphobia, é uma expressão grega das palavras "fobia", "sexta-feira" e "treze", ou seja, medo da sexta-feira, 13. Frigatriscaidecafobia vem de outra história, a deusa do amor e da beleza era Friga (que deu origem a frigadag, sexta-feira). Quando as tribos nórdicas e alemãs se converteram ao cristianismo, Friga foi transformada em bruxa. Como vingança, ela passou a se reunir todas as sextas com outras 11 bruxas e o demônio. Os 13 ficavam rogando pragas aos humanos. O certo, pra mim, é que tudo é lenda e desde que me entendo por gente que esse dia é marcado por pessoas, motivado pelo imaginário popular e coletivo, que vivem momentos de suspense, cautela e até mesmo de pânico pelo dia mais azarado do ano, onde tudo de ruim pode acontecer. Superstição, coincidência, crença popular, mito, lenda ou o que seja. Todos são unânimes que a sexta-feria treze, é o dia onde as coisas mais horrendas e inesperadas podem acontecer. Alguns "estudiosos" (ou curiosos) tentam ligar a data a grandes acontecimentos históricos como por exemplo o dia da crucificação de Cristo que foi numa sexta-feira e como a páscoa judaica é comemorada no dia 14, segundo o calendário hebraico, pressupõe-se que foi numa sexta-feira treze, onde 12 apóstolos e Jesus (13 pessoas) se reuniram a mesa para a Última Ceia. Como ainda não existe nenhum estudo sério sobre o assunto, com fatos históricos, temos relatos de pessoas (ou contos), que não citam fontes seguras, que tudo começou em outubro de 1307, evidentemente numa sexta-feira treze, onde o Rei Felipe IV da França declara criminosa a Ordem dos Templários onde todos os seus membros foram presos e torturados nesse dia e mais tarde executados por heresia. Como esse fui um ato extremamente cruel e marcante as pessoas guardaram essa data como um data ruim e penosa, onde coisas ruins podem sempre acontecer. Desde então grandes fatos negativos acontecem nesse dia (será uma coincidência!?) ou pode ser o inconsciente humano agindo na mente insana de alguns provocando atos extremos de crueldade. Talvez os terroristas do 11 de setembro estivessem com o calendário trocado. Da mesma forma os terroristas americanos (ou criminosos de guerra) se equivocaram no dia, por que foi em 6 de Agosto de 1945 que lançaram a primeira, das duas, bomba atômica sobre Hiroshima matando mais de 250 mil crianças, mulheres e homens civis japoneses. Após a explosão da bomba os sobreviventes morriam lentamente, agonizando sem nada que aliviassem a dor e sem medicamentos específicos para a radiotividade, ainda hoje, aquela população sofre com os resquíscios da radiação. Muitos outros momentos difíceis e vergonhosos para a raça humana não coincidiram a sexta-feira treze, como: o inicio das duas grandes guerras; holocausto dos judeus; grandes tragédias naturais (terremotos, maremotos, inundações, etc) a quedas dos aviões aqui no brasil e no mundo; O naufrágio do Titanic; e tantos outros. Como já mencionei, o medo da sexta-feira treze não possui bases científicas nem históricas, no entanto, o que é realmente estranho (ou normal do ser humano) é que a maioria das pessoas acredita que este é um dia inequivocado de azar, e isso sem nenhuma explicação lógica. Aprendemos (nos convencem) muito cedo que a sexta-feira treze é um dia de azar, e tentamos achar evidências de que a lenda seja real, concretizada caso você se envolva em qualquer acidente, perca dinheiro ou até uma topada boba, provavelmente o motivo vai ser a sexta-feira treze. Sabemos que coisas ruins, grandes ou pequenas, acontecem a todo instante, e se você é supersticioso vai querer ligar o acontecimento ao dia, então se tem medo do azar em uma sexta-feira treze já sabe que vai acontecer. Se você pensa que é melhor não sair de casa, te digo sem medo de errar e sem querer te fazer medo: muita coisa ruim pode acontecer lá também. Voltando ao presente, no que posso testemunhar, vamos ver a nível menos global e mais "palpável" ao ser individual. Penso que como a maioria das pessoas começam seu final de semana nas sextas-feiras após o trabalho, onde descarregam todas as frustrações da semana, com bebidas, festas e divertimentos desenfreados, estão mais propensos que mais "coisas erradas" ou um dia de azar ocorram. Junte-se a isso o número treze (13), o número considerado por todos como sendo de azar. Somando tudo isso a mente fértil dos grandes produtores "hollywoodianos" criando histórias e aberrações que criam temor no imaginário dos mais incautos e sugestionáveis. Não tenho dúvidas que podemos tirar proveito de tudo isso se levarmos pro lado cômico e festivo da coisa. Assistir esses filmes, apavorantes para alguns e monótonos para outros, pode ser divertido. Afinal gostamos de sentir emoções fortes, da adrenalina tomando conta de tudo, ou pelo menos ver o pavor nos olhos dos outros e contribuir com algumas pegadinhas. Roberto Ramos

5 comentários:

disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
disse...

Nunca me liguei nessas coisa. Pra mim, essa história de sexta-feira treze ser sinônimo de mal-agoro sempre soou como algo folclórico...
Mas sabe que, lendo a parte do seu post, sobre a idéia de que esta data estaria ligada a grandes realizações, lembrei-me do seguinte: nessa última Sexta, lendo o horóscopo de manhã (eu não acredito nisso não, mas sempre leio. É o hábito! hahaha), vi que o dia era propício pra grandes feitos e que, então, deveríamos arriscar, ter iniciativa. Nem me liguei muito na hora. Mas depois de tanta coisa louca (e muito importante)que aconteceu comigo nesse dia, relembrei essa passagem.
Sei não... Mas, às vezes, essa história de lenda, mito, folclore realmente assusta! hehehe
Até mais!

Nícholas Fernandes Gimenes disse...

hahahah que coisa doida! :D

Roberto, adicionei seu blog na minha coluna de amigos, viu?

abraço!

Maria disse...

Roberto,concordo com vc.As coisas boas ou más podem acontecer a qualquer hora,dia etc.
Não existe dia ruim se vc tem DEUS no coração,pois ELE é que te guarda.
DEUS TE ABENÇOE.

Critica Geral BR disse...

Em minha opnião a humanidade sempre precisou e precisará de datas, milagrosas ou o contrário, pois a massa humana é movida por algumas pessoas quem tem capacidade de dominar a massa humana, e pra isto usa datas, acontecimentos entre outras coisas para de certa forma conseguir seu intento.
Parabéns pelos seus textos.